Meir Schneider (Texto do livro Saúde Visual por Toda a Vida)

Um dos problemas é que simplesmente não fomos feitos para fica olhando fixamente para um computador 8 horas por dia. Os nossos antepassados não faziam isso, e foi por intermédio deles que desenvolvemos o tipo de olhos que possuímos atualmente. Hoje, contudo, estamos desenvolvendo olhos nos quais a miopia está aumentando a uma velocidade impressionante. O Dr. Bates ficou arrasado porque 6% das crianças em idade escolar em Nova York eram míopes. Hoje gostaríamos de voltar ao que já era considerado um percentual elevado naquela época, porque atualmente 48% das crianças que frequentam escolas nos Estados Unidos sofrem de miopia. Lamentavelmente, os percentuais são ainda mais elevados em outros lugares do mundo: em Hong Kong, ele é de 62% e em Taiwan, de 84%. Por conseguinte, o mundo inteiro precisa começar a entender essas implicações. E embora o computador em si não seja responsável por esses resultados, olhar de perto durante longos períodos ininterruptos é parcialmente responsável por eles.

Esse método de trabalho nos deixa tentados a não usar a visão periférica, o que, para início de conversa, é o que desencadeia  o problema.

A outra dificuldade é que pixels têm propriedades exclusivas e é mais difícil para o olho enxergá-los embora não o percebemos na ocasião.

Entretanto, o efeito cumulativo ao longo de um período de várias horas de utilização do computador é substancial. Daí a importância de afastar periodicamente os olhos da tela. Também é essencial piscar com frequência porém suavemente quando estamos trabalhando. Isso não apenas interrompe a fixação do olhar na tela do computador, o que contribui para a fadiga ocular, mas serve para umedecer os olhos e reduzir a tensão nos músculos ao redor deles. O ato de piscar aliviará com o tempo a ardência, a inflamação ou a coceira nos olhos.

De vez em quando, especialmente quando você sentir que não está reagindo a nenhum dos exercícios, faça apenas uma massagem ao redor das órbitas oculares, da ponte do nariz para as têmporas, e do nariz para a orelhas. Relaxe, mesmo que você faça apenas 10 vezes a massagem (cerca de 20 segundos), o que pode realmente eliminar a fadiga que você

acumulou. Se você estiver trabalhando em um dia quente, poderá acabar com uma inflamação invisível nos olhos. Portanto, deite-se uma vez por dia, com uma toalha fria e úmida sobre os olhos.

Você precisa defender a tolerância zero no que diz respeito à acumulação da fadiga despercebida. Primeiro, é fundamental que você se conscientize da existência dela; em seguida você precisa remover a fadiga à medida que o dia vai avançando.

O prejudicial a respeito de ler o que está na tela do computador é o fato de termos aprendido incorretamente a ler somente o documento que temos diante de nós, é a não prestar atenção aos nossos olhos. Quando ficamos com os olhos injetados, marcamos uma consulta com um oftalmologista para que ele nos receite um colírio, achando que a fadiga não afeta adversamente os olhos. No entanto, quando ela começa a se acumular, nada irá bem com a sua vista, e isso pode ser evitado pelo do gerenciamento da fadiga. Às vezes, é muito importante tirar um dia de folga. Nesse dia, não use computador e, em vez disso, faça alguns exercícios oculares. Também é benéfico passar diariamente algum tempo sem olhar para tela do computador; determine os momentos em que você vai usar o computador e aqueles em que não pretende usá-lo. Tão logo você tenha tomado uma decisão a respeito das horas em que não estará trabalhando, você poderá se refazer do uso do computador se dedicando a outras coisas e prestando mais atenção a tudo o que ele o impediu de utilizar, como a sua visão periférica ou o seu olho mais fraco. Caso contrário, ao olhar de perto, você poderá forçar um dos olhos; ao olhar de longe, você poderá forçar o outro.

Concluindo, valorize os olhos tanto quanto valoriza o material com o qual estiver trabalhando. Analogamente, atribua o mesmo valor à sua respiração e ao seu projeto. No momento em que você tomar essas decisões, o computador jamais prejudicará os seus olhos.

ATENÇÃO:  Se você está entre as pessoas que trabalham demais no computador, marque na sua agenda que em maio, eu, Roberto Inácio, darei um curso de Yoga no Computador, para você evitar de ter esses problemas que o livro do Meir Schneider explica ai em cima. O curso será no dia 25 de maio, no Espaço Buenos Ayres, em Higienópolis, das 10 às 17 horas. Mais informações e inscrições, ligue para 11-3063.1115 ou j.alternativo@uol.com.br

 


* digite o que você vê na imagem acima.
  • Newsletter

  • Yoga para Olhos

  • Consciência Próspera

  • Recentes

  • Páginas

  • Categorias

  • Jornal Alternativo

    CONTATOS:
    (11) 3063-1115
    jornalternativo@jornalternativonline.com.br