‘Nada do que é humano me é indiferente’  (Ah, se a gente praticasse isso constantemente que lindo seria o nosso mundo!)

“Minha primeira experiência, ou melhor, minha primeira percepção da existência de algo diferente da vida que eu levava, a vida voltada só para fora, para o exterior, aconteceu quando eu tinha 15 anos e fui assistir uma palestra do escritor Jorge Luís Borges.

A palestra foi num teatro enorme, que estava completamente lotado. Borges não tinha ligações com religiões, nem falava de espiritualidade. Mas era um gênio.

O tema da palestra era mais filosófico, e eu lembro que o que me impressionou enormemente é que eu “via as palavras” que o Borges dizia.

Ele já estava cego nessa época e eu fiquei o tempo todo me perguntando: como é que eu posso ver as palavras que uma pessoa cega está dizendo?

A partir daí e pouco depois com a leitura de uma revista que falava de yoga, de meditação, de filosofias orientais, eu fui descobrindo o “eu interno”, ou digamos, o transcendental.

“Aos 22 anos fiz minha primeira viagem à Índia, na época para aprofundar o estudo sobre o  Vedantismo…”

E aí a Lia Diskin não parou mais.
Foi aluna do Borges na Faculdade de Jornalismo, na Argentina, e tempos depois passou um ano em Dharamsala, estudando Budismo Tibetano na Comunidade do Dalai Lama (e é ela e a Associação Palas Athena, da qual é uma das fundadoras junto com o Basílio Pawlowicz, que organizam as visitas do Dalai Lama ao Brasil).

Hoje a Lia é com certeza uma das maiores, ou a maior, divulgadora da Meditação e da Ética no Brasil, além de muitas outras coisas que ela faz.

E ela me explicou que só consegue fazer tanta coisa porque Medita todos os dias, e assim tem foco, concentração e disposição física para tanto trabalho. E ela acorda às 4 e meia da manhã para ter tempo e condições de meditar com muita tranquilidade.

Então, gente, vamos meditar? A Lia dá um curso maravilhoso de formação de divulgadores da Meditação. Veja detalhes mais abaixo, no Serviço.

(NR – Nota do Roberto: como sou aluno aplicado da Lia, escrevi essa matéria até aqui à mão, porque a Lia me contou que até hoje ela escreve todos os seus textos, que são muitos, à mão, mesmo. Como eu já achava escrever à mão um exercício maravilhoso para o cérebro e para a coordenação motora (é a minha percepção, não me importa se tem comprovação científica, ou não), agora então nem se fala.

Experimentem, tenho certeza que muitos de vocês vão adorar. E sempre que eu falo sobre isso lembro da escrivaninha do Balzac, que vi no seu museu em Paris, que era bem alta porque ele escrevia à mão, é claro, e sempre de pé. E não conheço nenhum livro escrito em computador que chegue aos pés da Comédia Humana, do Balzac.

Agora vejam algumas ligeiras informações da Lia sobre Meditação e Ética:

“A meditação reduz a ansiedade, torna a respiração equilibrada e profunda e propicia uma melhor oxigenação e freqüência cardíaca. Seu reflexo no sono é um repouso mais sereno e tranqüilo e sem interrupções. Ainda no campo da saúde, ela atenua enxaquecas e resfriados, auxilia numa recuperação mais rápida nos pós-operatórios e cria toda uma condição para que a digestão alimentar se processe bem melhor, por que o aparelho digestivo está distendido, sem tensão, e portanto em condições de receber o alimento.

“No campo psíquico, a prática também mantém a pessoa num relativo estado de equilíbrio, com uma lucidez que a impede de entrar em conflitos emocionais internos, principalmente de origem afetiva. Há, por parte de quem pratica, muito mais clareza mental, objetividade, paciência, compreensão e justiça.

“A atenção é um pré-requisito para a concentração e esta para a meditação. O que quero dizer é que a meditação, para ser realizada, precisa da atenção e da concentração; porém, estas, por sua vez, não desembocam cada qual na meditação. A meditação vai além, pois exige certas escolhas prévias: uma é a escolha de nós mesmos, que pode ser denominada de Deus ou que pode receber nomes como Natureza Búdica, Uno-sem-Segundo, Tao ou O-sem-Nome e vários outros nomes.

“Com a Meditação podemos criar ompromissos bem simples, mas muitos importantes, como por exemplo: ‘Eu não posso ter uma atitude predatória em relação ao outro. Não posso utilizar a minha vida simplesmente como uma fonte de sucesso unicamente para mim, a qualquer preço e a qualquer custo. Existem princípios éticos que exigem de mim uma postura: até onde posso ir, até onde não posso ir, onde está o outro, até onde estou invadindo o outro…

‘Se eu não reconheço o semelhante, se não me importo com o que lhe acontece, simplesmente não poderei jamais ser um bom praticante da Meditação, por que esse praticante está inserido num universo, e o que acontece a esse universo está acontecendo a ele.

‘Há uma frase muito bonita de Terensio, que nunca foi um meditante, que diz: ”Nada do que é humano me é indiferente”. E o praticante da Meditação sente isso constantemente: Nada do que é humano me é indiferente.’

Vamos praticar Meditação, gente?

Serviço: Para conhecer mais do trabalho da Lia, do Basílio e de todo o pessoal da Palas Athenas veja o site www.palasathena.org.br

Alguns cursos e eventos no Palas Athena: 

Workshop: Atenção e concentração nas práticas meditativas – módulo I
De 03 de Agosto a 05 de Agosto
Professor(es): Lia Diskin

Aliança e “povo escolhido” na Bíblia e nas religiões A história de uma das mais controvertidas ideias do judaísmo e cristianismo
De 07 de Agosto a 30 de Agosto
Professor(es): Ariel Finguerman

“A outra margem do rio” A individuação como travessia
10 de Agosto a 30 de Novembro
Professor(es): Vera Lucia Paes de Almeida

Atenção e concentração nas práticas meditativas – módulo I
13 de Agosto a 26 de Novembro
Professor(es): Lia Diskin

Mais informações e outros cursos:
contatocef@palasathena.org.br
www.palasathena.org.br
Alameda Lorena 355, Jardim Paulista, São Paulo, SP
Tel: (11) 3266-6188


* digite o que você vê na imagem acima.
  • Newsletter

  • Yoga para Olhos

  • Consciência Próspera

  • Recentes

  • Páginas

  • Categorias

  • Jornal Alternativo

    CONTATOS:
    (11) 3063-1115
    jornalternativo@jornalternativonline.com.br