Estou andando pela rua, num desses dias de São Paulo em que numa rua está frio e na outra está calor. Tiro o agasalho numa rua que está quente e sinto alguma coisinha bater na panturrilha da perna. Olho, não vejo nada, sigo adiante. Uns 50 metros adiante, um rapaz se aproxima e diz: ‘Moço (ele disse senhor, mas prefiro colocar aqui moço), você (novamente senhor, disse ele) perdeu um anel?’

Estranho a pergunta mas logo lembro que estava de fato com um anel, e ele não está mais no meu dedo. Aí lembro que o tinha colocado no bolco da blusa, e ele também ali não está. E aí respondo: É, acho que perdi, sim. E o rapaz diz: Eu o vi lá atrás, vamos lá pegá-lo. Voltamos, e eu pensando, e agora como achar um anel de prata numa calçada cinza, depois de uma sessão de Netra? (não sabe o que é Netra? Então leia matéria na edição anterior do Jornalternativo.)

Mas o rapaz vai na frente e logo se abaixa, pega o anel e me entrega. Ainda espantado, digo muito obrigado, ele responde: Imagina, não tem de quê, de nada… qualquer coisa assim.

E nesse instante decido criar no Jornalternativo a seção Pequenos Gestos de Bondade…


* digite o que você vê na imagem acima.
  • Newsletter

  • Yoga para Olhos

  • Consciência Próspera

  • Recentes

  • Páginas

  • Categorias

  • Jornal Alternativo

    CONTATOS:
    (11) 3063-1115
    jornalternativo@jornalternativonline.com.br